Páginas

segunda-feira, 16 de julho de 2018

UM BELO POEMA - A POESIA ESTÁ PRESENTE EM NOSSAS VIDAS


Uma borboleta amarela me atropelou enquanto eu pedalava. 

Ela polinizou meu nariz e eu fiquei com o cheirinho dela.

Agora, cada respiração é um mar de rosas.


                        Carolina Queiroz


//////////


Meu comentário: Por isso a Poesia é a manifestação de um estado de espírito potencialmente presente em cada um de nós.

quarta-feira, 11 de julho de 2018


POEMA PARA ÍSIS


Um pássaro entrou pela janela do meu quarto
E cantou a doce melodia que eu havia criado em meus sonhos
Segundos atrás...

Daí entendi que o mundo em que habitamos
Depende das cores com que pintamos o Céu do nosso Arco Íris.
    
   Claudio Pierre


/////



POEMA PARA LAÍS



Na Roda Gigante do Tempo
O Mundo gira...

Muitos dizem que a velocidade do mundo exterior
Determina a aceleração e o descompasso que geralmente ocorre entre o
Sonho e a Realidade.

Eu prefiro compreender que o andamento da Roda
Depende da forma como aprendemos a conectar com
A Realidade possível de nosso Sonhos.
  
      Claudio Pierre 



sábado, 30 de junho de 2018

SINESTESIA



A ensurdecedora cacofonia da propaganda enganosa
Reflete o modelo de uma Sociedade Decadente
Quanto aos valores da Educação e Cultura.

É desse modo que as Luzes artificiais das Cidades
Adoçam o paladar com o veneno
E impregnam ao ar poluído uma fragrância de Sândalo.

A pergunta que cala é:
Quantas vezes deixastes de sentir a Voz
Do seu Doce Coração,
Sob a interferência desse espelho distorcido.

Trocando em miúdos:
Quantas vezes dissestes sim;
Enquanto o seu SER Interior dizia não.

Claudio Pierre   

quinta-feira, 28 de junho de 2018

DECRETO DE LIBERTAÇÃO


(Essa antiga bênção foi criada no idioma Nahuatl, falado desde o século VII na região central do México. Ela trata de perdão, carinho, desapego e libertação.)
[decreto de libertação]

“Eu liberto meus pais do sentimento de que já falharam comigo. Eu liberto meus filhos da necessidade de trazerem orgulho para mim. Que possam escrever seus próprios caminhos de acordo com seus corações, que sussurram o tempo todo em seus ouvidos.

Eu liberto meu parceiro da obrigação de me completar. Não me falta nada, aprendo com todos os seres o tempo todo.

Agradeço aos meus avós e antepassados que se reuniram para que hoje eu respire a vida. Libero-os das falhas do passado e dos desejos que não cumpriram, conscientes de que fizeram o melhor que puderam para resolver suas situações dentro da consciência que tinham naquele momento. Eu os honro, os amo e reconheço inocentes.
Eu me desnudo diante de seus olhos, por isso eles sabem que eu não escondo nem devo nada além de ser fiel a mim mesmo e à minha própria existência, que caminhando com a sabedoria do coração, estou ciente de que cumpro o meu projeto de vida, livre de lealdades familiares invisíveis e visíveis que possam perturbar minha Paz e Felicidade, que são minhas únicas responsabilidades.

Eu renuncio ao papel de salvador, de ser aquele que une ou cumpre as expectativas dos outros. Aprendendo atrav
és, e somente através do AMOR, eu abençoo minha essência, minha maneira de expressar, mesmo que alguém possa não me entender.
Eu entendo a mim mesmo, porque só eu vivi e experimentei minha história; porque me conheço, sei quem sou, o que eu sinto, o que eu faço e por que faço. Me respeito e me aprovo.

Eu honro a Divindade em mim e em você. Somos livres."

sábado, 16 de junho de 2018

UM DOS MOTIVOS DA ESCULHAMBAÇÃO


 “CAPÍTULO II - DOS DIREITOS SOCIAIS
IV - salário mínimo, fixado em lei, nacionalmente unificado, capaz de atender a suas necessidades vitais básicas e às de sua família com moradia, alimentação, educação, saúde, lazer, vestuário, higiene, transporte e previdência social, com reajustes periódicos que lhe preservem o poder aquisitivo, sendo vedada sua vinculação para qualquer fim;”

//

Esse é um dos motivos pelos quais A "Constituição Cidadã" já começou Inconstitucional pelo descumprimento de um dos seus principais artigos.

Vivemos numa espécie de Condomínio, onde diferentemente da vida real, ao invés da preservação mínima de igualdade de direitos e deveres entre TODOS os moradores - os representantes (que deveriam ser temporários) determinam e legalizam uma condição de superioridade sobre os condôminos, em função da preservação / manutenção de privilégios e perpetuação nos cargos que ocupam.


Claudio Pierre 

quarta-feira, 13 de junho de 2018

O VALOR DA PALAVRA



Palavra
Mistério e Fascínio
Um Jogo um Caminho
Um Modo e um Meio.

Dependendo da perspectiva do ponto de vista de cada Ser,
Acentuam-se os limites:
Ora da Realidade, ora da Ilusão
No profundo Mistério e Fascínio do Vazio...

Conforme o peso das horas – do relógio humano sobre o Tempo
O Jogo subjetivo de nossa Vida se desenvolverá:
Baseado ou não na programação simplista do ganhar e do perder...

 Segundo a crença
De que “alguém” do lado de fora – 3ª pessoa
(“A Sociedade”; “O Mercado”; “A Propaganda da Hora”)
Determine e imponha o Modo e o Meio do relacionamento
Entre Eu e Você – Emissor e Receptor,
Substituímos algo tão essencial como a espontaneidade do Ser
Pela dissimulação da nossa personalidade
De acordo com “o ambiente”,
Sob o pretexto da defesa sobre o “outro” ...
Como se a Origem do Conflito não estivesse do lado de dentro...
                                       
    Claudio Pierre
//

Meu comentário: Talvez nesse Plano, na medida da ausência de consciência sobre a importância da conexão entre: Palavra, Sentimento e Ação, perdemos a percepção da Unidade. 

quarta-feira, 30 de maio de 2018

O Homem Nu (1997)

FALO POR MM


Sem perder a consciência sobre a nossa frágil Condição Humana,
Cada Ser deveria ter a sua relativa importância.

No entanto, essa não é a Lei que vigora no Sertão das Cidades de Concreto...

Nessa Selva Artificial o comando vem de fora
E ao aceitá-lo resignadamente
Fingimos que o livre arbítrio nos pertence...

Desde os ditames: “da hora” e “da moda”
Conduzindo as massas para certo padrão de “eterna juventude”

Até as fórmulas de sucesso e ostentação
Que conferem certo status de superioridade sobre o semelhante
Meramente em função da qualidade e quantidade de bens e posses adquiridas.

Assim, passamos a ser “direcionados” / “rotulados” como:

Modernos ou ultrapassados; ricos ou pobres
Na proporção em que a   “propaganda enganosa” pensa e fala por nós...

Enquanto a nossa voz frágil, e de relativa importância se cala.


                 Claudio Pierre 

sexta-feira, 25 de maio de 2018

QUAL É O SEU DRAMA?


Sob a ótica desse Plano, marcada pela acelerada pressa de viver
Existe uma pergunta que deliberadamente omitimos responder...

Pois somos programados desde cedo no enredo de uma Sociedade Novelesca,

Que nega a Essência do Ser Interior em prol da miragem projetada em direção ao apelo luxuoso e artificial das luzes, plumas e paetês...

Uma pílula da felicidade abrevia a desejável consciência do aprendizado quanto à transição necessária ao processo entre a relativa dor e o prazer.

ð Chamam a isso de conforto.

De modo geral, na cúpula das esferas institucionais que gerenciam esse Planeta,

A despeito de todo o conhecimento e tecnologia acumulados ao  longo do tempo...

Podres poderes prevalecem sobre os direitos mais básicos da nossa Condição Humana...

A que ponto de insanidade chegamos nessa “realidade sem lógica” de uma Sociedade aflita e doente...

Essa roda que faz a cabeça girar automatizada:
- Na ânsia de multiplicar – Ama parcialmente.

Esse é o drama do lado exterior

Quiçá produzido em função de omissão da subjetiva resposta ao nosso íntimo:
Qual é o seu drama?   

               
Claudio Pierre 

quinta-feira, 3 de maio de 2018

CÍRCULO VICIOSO


Há um círculo vicioso envolvendo: a própria Sociedade; os Meios Culturais e o próprio Artista, que faz com que a Arte e a Cultura tenha um subaproveitamento nesse País...

Decorre principalmente da ideia => entretenimento, como algo irrelevante e de menor importância...

Dessa forma, apenas para "passar o tempo" ou "desanuviar" => "qualquer coisa serve".

Esse é um dos motivos da desumanidade e insensibilidade reinante das massas, moldadas que são pelos "modismos da hora"...

Daí decorre a decadência, em função da incapacidade de compreender a Arte sob o seu ponto de vista Evolutivo e Humanitário.

Claudio Pierre


terça-feira, 1 de maio de 2018

TREM DOIDO - DIA DO TRABALHO E OS NOSSOS “SUPOSTOS DEFENSORES”



No dia considerado como: “do Trabalhador”, a grande maioria dos que discursam "nos palanques" em defesa da classe trabalhadora, ostentando a bandeira de “defensores do povo” 
=> nunca exerceu de fato em suas respectivas trajetórias de vida uma rotina semelhante ao que se conceitua como Trabalho...

Portanto, não podem se comprometer em fazer prevalecer aquilo que determina a nossa Constituição Cidadã relacionada às garantias Sociais e Individuais.

Entretanto, sem dúvida, na condição de nossos “supostos representantes” continuam mantendo e defendendo o conjunto de seus privilégios pelo exercício dessa representatividade expressos na mesma Constituição, sob a alegação de que “nesse caso específico” estariam apenas cumprindo o que é sagrado e constitucional... . //

Claudio Pierre de França

sábado, 14 de abril de 2018

CALMARIA


CALMARIA


Neste Plano tudo está correlacionado...
Assim,
O estado genuíno de Calmaria
Ocorre do Vazio
Após a transposição da tormenta...

De modo que a tal
Constância do Paraíso
Nada mais é do que
A manutenção da relativa busca Interior
Em conformidade e respeito ao
Ciclo das Marés sob influência das Fases Lunares.

Alma de Lua

Claudio Pierre   

quinta-feira, 29 de março de 2018

HÁ UMA RAZÃO PARA ESTARMOS AQUI...

HÁ UMA RAZÃO PARA ESTARMOS AQUI...


Os que estão de alta, saem do hospital.
Os que cumpriram sua sentença, estão libertos.
Os que terminaram o curso, estão graduados.

A Terra é tudo isso...
Um hospital, um cárcere e uma escola. 

Em algum aspecto, há uma razão para ainda estarmos aqui.

                              
                                                            AUTOR DESCONHECIDO

segunda-feira, 26 de março de 2018

A ARTE QUE UNE


A Arte tem uma ação balsâmica...

Embora não possa ser dimensionada por todos dessa maneira, a sensação de Alegria Interior transmitida pelas várias manifestações artísticas gera uma importante vibração de harmonia e sentido de humanidade ao nosso redor...

// Nesse Plano – Trem Doido, aquele que se propõe a ser não uma Estrela, mas um instrumento da Cultura enfrenta um constante desafio repleto de obstáculos...

// O efeito balsâmico traz a Consciência de que Não Estamos Sozinhos!!!

                                                        PAZ!!!

Claudio Pierre

sexta-feira, 23 de março de 2018

QUEM ME REPRESENTA XXIX – A POLÍTICA ou “a politicagem”...


=>Política – S. f. 1. Ciência dos fenômenos referentes ao Estado; ciência política. 2. Sistema de regras respeitantes à direção dos negócios públicos. 3. Arte de bem governar os povos. 4. Conjunto de objetivos que enformam determinado programa de ação governamental e condicionam a sua execução. 5. Princípio doutrinário que caracteriza e estrutura constitucional do Estado. 6. Posição ideológica a respeito dos fins do Estado. 7. Atividade exercida na disputa dos cargos de governo ou no proselitismo partidário. 8. Habilidade no trato das relações humanas, com vista à obtenção dos resultados desejados. 9. P. ext. Civilidade, cortesia. 10. Fig. Astúcia, ardil, artifício, esperteza.

=>Politicagem – S.f. Deprec. 1. Política (4 a 7) mesquinha, estreita, de interesses pessoais. 2. O conjunto dos políticos pouco escrupulososos. Desonestos. (Sin. Ger.: politicaria, politiquice, politiquismo).

= Dicionário Aurélio da Língua Portuguesa

///

Meu comentário: Uma das coisas que mais me incomoda é ouvir constantes comentários em que esses dois conceitos se confundem; ou seja, utilizamos a expressão: “Atitude Política”, como sinônimo de uma clara e cristalina prática Politiqueira tão corriqueira e institucionalizada neste País.

Claudio Pierre


sexta-feira, 16 de março de 2018

Ordinarius em "O Samba e o Tango"


DOIS FLASHES DE UM CORAÇÃO JUVENIL NO TEMPO


ACONTECE

Dois mundos tão distantes –
Espaços, Horizontes
Caminhos percorridos...

Quisera Eu
Encontrar do Teu Universo
Um Suspiro de Carinho Partilhado
Uma Gota de Amor.  
                                                                     Claudio Pierre

///

CALMARIA

Ouço sua voz,
E o tempo para...
Pacifico-me
Acalmando a Tempestade.

Sua voz é uma Oração
Para o meu ser Enamorado

Se há uma fonte para o Encanto
- Eterna Chama da Juventude
Sua nascente se manifesta
No Coração do Poeta
Adormecido em cada Ser.
                                                                        Claudio Pierre   

sexta-feira, 9 de março de 2018

Rao Kyao - Travessia

UM NOVO CARINHO BATEU À MINHA PORTA


Um novo Carinho bateu à minha porta
A Esperança entrou e inundou a casa
Molhou meus lábios
Enxugou minhas lágrimas
E encharcou meus sonhos
Mas, de repente, o Medo nasceu no meio da sala
Com suas grades, pedras e poeira
E nos deixou as vidas secas
Então veio a Tristeza com suas manias
O Sol decidiu ir embora
E me levou a água
O pão
E o vinho...
                  José Antonio Maia
           março de 2018

//////////////////////////

Meu comentário: O Carinho e a Esperança... O Medo e a Tristeza...
Na Torrente Emocional de Nossas Vidas, pela Visão Poética, A Palavra faz com que significados aparentemente contrários sejam interligados e ganhem sentido de Unidade.      Claudio Pierre

MANIPULAÇÃO DAS MASSAS


Na medida em que priorizamos nossas respectivas subjetividades baseadas na constante sintonia com os nossos: Sentimentos, Ações e Atitudes; diminuímos essa interferência exterior, e geralmente, adquirimos respeito sobre as diferenças...

O problema é que a politicagem faz exatamente o contrário, pois sob os valores artificiais desse Plano => É muito fácil se esconder / ou se promover sob rótulos; seja por ignorância, seja por esperteza... // 

Essa é a forma de “manipulação das massas”.

Claudio Pierre

quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

QUARTA FEIRA DE CINZAS


QUARTA FEIRA DE CINZAS


É momento de descer as cortinas do palco

Amanhã será um novo dia...

Enfim, aquele estado carnavalesco hilariante de uma eterna felicidade coletiva em meio à multidão; onde artificialmente não há espaços para os problemas => se desfaz.

Amanhã as celebridades da hora continuarão sendo “paparicadas” pela mídia que não tem nenhum compromisso com os valores que edificam realmente – Educação e Cultura;

e

Pela massa que segue robotizada: invejando / almejando e cultuando seus “ídolos fabricados” ...

Porém,

Deixarão de ocupar primordialmente o centro das atenções.


Logo o Cidadão Comum retornará a sua rotina considerada fatídica do trabalho...

Também pudera:

Sendo o trabalho considerado meramente uma tática / estratégia para ganhar mais, ao invés da devida estimulação oficial do SER a uma associação do seu Caminho valorizando-o com o subjetivo Ideal.  

Da mesma forma, pelo mesmo motivo acima, e em função da ausência da mesma estimulação oficial - o Estudante (não o “assistente de aula” - cada vez em maior número nessa “pátria educadora” – Brasil  País do Futuro – parado no tempo...); volta a “perder seu tempo”, tendo de estudar...

Enfim, mesmo que ocorram exceções a regra geral:   

-  A massa saudosa consternada fica a espera de um novo carnaval.    

Claudio Pierre

quinta-feira, 1 de fevereiro de 2018

MANUEL BANDEIRA E AGENOR DE OLIVEIRA => ENCONTRO INUSITADO ENTRE DOIS POETAS SOB UMA TEMÁTICA SEMELHANTE: BUSCANDO SE ENCONTRAR...

Manuel Bandeira natural de Recife 19/04/86 – 13/10/68.

Vou-me embora pra Pasárgada é um poema de Manuel Bandeira, publicada no livro Libertinagem em 1930. O poema de características modernistas evoca um escape do poeta para um lugar melhor, fugindo da sua realidade.

Vou-me embora prá Pasárgada
                                     Manuel Bandeira
   
Vou-me embora pra Pasárgada
Lá sou amigo do rei
Lá tenho a mulher que eu quero
Na cama que escolherei
Vou-me embora pra Pasárgada
Vou-me embora pra Pasárgada
Aqui eu não sou feliz
Lá a existência é uma aventura
De tal modo inconseqüente
Que Joana a Louca de Espanha
Rainha e falsa demente
Vem a ser contraparente
Da nora que nunca tive
E como farei ginástica
Andarei de bicicleta
Montarei em burro brabo
Subirei no pau-de-sebo
Tomarei banhos de mar!
E quando estiver cansado
Deito na beira do rio
Mando chamar a mãe - d’água.
Pra me contar as histórias
Que no tempo de eu menino
Rosa vinha me contar
Vou-me embora pra Pasárgada
Em Pasárgada tem tudo
É outra civilização
Tem um processo seguro
De impedir a concepção
Tem telefone automático
Tem alcalóide à vontade
Tem prostitutas bonitas
Para a gente namorar
E quando eu estiver mais triste
Mas triste de não ter jeito
Quando de noite me der
Vontade de me matar
- Lá sou amigo do rei -
Terei a mulher que eu quero
Na cama que escolherei
Vou-me embora pra Pasárgada.

//

Angenor de Oliveira, mais conhecido como Cartola,natural do Rio de Janeiro, 11/10/1908 – 30/11/1980.

(Considerado por diversos músicos e críticos como o maior sambista da história da Música Brasileira) 


Preciso Me Encontrar
                     Cartola

Deixe-me ir
Preciso andar
Vou por aí a procurar
Sorrir prá não chorar
Deixe-me ir
Preciso andar
Vou por aí a procurar
Sorrir prá não chorar...

Quero assistir ao sol nascer
Ver as águas dos rios correr
Ouvir os pássaros cantar
Eu quero nascer
Quero viver...

Deixe-me ir
Preciso andar
Vou por aí a procurar
Sorrir prá não chorar
Se alguém por mim perguntar
Diga que eu só vou voltar
Depois que me encontrar...

Quero assistir ao sol nascer
Ver as águas dos rios correr
Ouvir os pássaros cantar
Eu quero nascer
Quero viver...

Deixe-me ir
Preciso andar
Vou por aí a procurar
Sorrir prá não chorar...






sexta-feira, 5 de janeiro de 2018

PONTO ALIENÍGENA - VIDAS SECAS BRASIL

VIDAS SECAS - BRASIL

Uma promessa de País do Futuro - condenada à paralisação no tempo, enquanto sob Esse Sistema Falido de Representatividade.


Claudio Pierre

quinta-feira, 4 de janeiro de 2018

A SIMPLICIDADE DA VIDA - MOMENTOS DE BRINCAR

Três Amigos se encontram regularmente para passear...

Dois deles com uma bela história juntos; pois superaram uma daquela fases críticas da vida com 
Afeto e Amor

O terceiro vive ao relento - sua casa é a rua.

Contudo, arriscaria dizer que é relativamente feliz; pois não compreendendo os "conceitos humanos"
baseados na "dualidade", instintivamente flui no seu dia após dia, mesmo sem saber das Bençãos do
Céu e da Terra. 

- Justamente Ele geralmente está presente para recepcionar com alegria seus companheiros a qualquer hora, faça chuva ou faça sol, nesse Momento Mágico de Brincar.


É fato que sob a ótica artificial desse Plano => dureza, pressa e disritmia; decididamente não 
valorizamos devidamente a Essência e banalizamos o Sagrado contido nos ensinamentos mais
Simples ao nosso redor sobre os benefícios da => leveza, calma e harmonia.

Certamente não podemos imaginar que estamos isentos das fases críticas da vida; mas deveríamos
valorizar nosso instinto de fluidez / lucidez para usufruir relativamente das Bençãos do Céu e da Terra sobre nossa Jornada que são percebidas / recebidas conforme a qualidade / simplicidade com que imprimimos nosso Movimento / Momento.

Ao Bondoso Coração Humano e 
Aos seus Dois Amigos de 4 patas.


Claudio Pierre  

segunda-feira, 1 de janeiro de 2018

OS DESAFIOS CONTINUAM OS MESMOS

Em 2018 os desafios continuam os mesmos; dentre eles, um me parece fundamental neste País:

A Compreensão do Cidadão Honesto de que o sentido da Política se
confunde com o Bem Estar da Nossa Família.

Em consequência disso, é importante diferenciar Política de "politicagem"...
Pois quando "abandonamos" a nossa subjetiva Ação Política, e a "delegamos"
a "terceiros" sob esse Sistema Falido de Representatividade - pleno de "politicagem" (também na Sociedade) - o resultado é desastroso para nós, caso tenhamos a mínima Consciência sobre Justiça Social - sem a "politicagem da hora".

Resumindo:
Sendo impossível (ainda bem), que TODOS tenham o mesmo ponto de vista -

Qualquer que seja sua opção deve ser respeitada:
- Esquerda, Direita, etc. / Eu por exemplo, aboli rótulos dessa natureza...

Entretanto,

Não dá para ter bandido de estimação, e ainda por cima, qualificá-lo de Político.

Claudio Pierre

quarta-feira, 27 de dezembro de 2017

INVERSÃO DE VALORES


Os Valores ($$$...) que movimentam o Mundo estão ERRADOS; 
e nessa toada aqui no Brasil - A ausência de representatividade legítima desnivela a balança da Justiça, para o lado dos que "sugam" da População em função de um conjunto "leis" que ratificam "privilégios" que não lhes pertence... // 


Claudio Pierre

sexta-feira, 22 de dezembro de 2017

ENTENDER E COMPREENDER

ENTENDER COMPREENDER

Entender totalmente outra pessoa é praticamente impossível; porém, qualquer SER que se dedique ao auto conhecimento já retratará um traço diferenciado...

Para mim, o problema é a palavra "equilíbrio" e suas distorções produzidas nesse mundo de aparências...
Ou seja, sob o "pretexto" do tal "equilíbrio" "as pessoas" têm a tendência da superficialidade em tudo o que fazem...

Todas as pessoas com quem convivi são mais significantes em minha vida, na medida em que compartilharam comigo a experiência do auto conhecimento.

Ocorre justamente que sem a interferência desse tal "equilíbrio exterior" (que vem de fora para dentro), o autêntico auto conhecimento exige de todos nós uma tomada de consciência em que compreendemos exatamente os limites dessa nossa condição humana; onde nem sempre "ganhamos" da forma como somos "programados" a crer como possível...

No fundo a ciência da vida está na aceitação da dor como uma das faces do amor.

//Por isso geralmente tudo o que escrevo se afigura para mim muito profundo e ao mesmo tempo simples - pois busco literalmente pensar aquilo que vivencio...

E essa não é uma questão de ter dinheiro ou não; ou de ter posses econômicas; ou de ter um curso
superior ou pós doutorado ou não...

Sinto que é realmente uma pena quando "valores artificiais" prevalecem sobre a Essência do SER; bem como, atribui-se a mente (com todas as suas "racionalizações), o controle total dessa nossa curta passagem neste plano...

Claudio Pierre